07 de fev de 2018 por Andréia Dias

Crítica – O Que Te Faz Mais Forte

Um grande exemplo de superação e seguir em frente, não ser arrogante e reconhecer que com a ajuda dos mais próximos irá superar esse infortúnio e se tornar mais forte.

O filme é baseado no romance de Jeff Bauman e Bret Witter, e retrata a história da vida real de Jeff Bauman interpretado por Jake Gyllenhaal, um típico rapaz trabalhador da cidade de Boston que para reconquistar a ex-namorada Erin (Tatiana Maslany) – que estava competindo na maratona de Boston –  lhe faz uma surpresa aguardando-a na linha de chegada, quando um ataque terrorista acontece e devido a essa explosão, Jeff perde as duas pernas.

Os protagonistas Jake Gyllenhaal e Tatiana Maslany tem uma química perfeita com uma cumplicidade em cena incrível, é agradável acompanhar a história de amor dos personagens. As atuações são intensas e profundas, a longa jornada de Jeff na reabilitação física e emocional são densas e o apoio e a força de Erin são fundamentais para a sua recuperação.

O longa tem um primeiro e o segundo ato bem arrastado e partir do terceiro ato e o fechamento da trama que começa a empolgar mais. Os efeitos utilizados quando Jeff está sem as pernas não os mesmos utilizados em Forrest Gump – 1994 , ou seja, nada inovador. Era nítido que em algumas cenas os ângulos da câmera eram repetitivos. Porém a cena onde ele adquire as pernas mecânicas, esse efeito sim, foi surpreendente. Unido com emoção e trilha sonora, foi o auge do filme.

O fato de Jeff ter visto o rosto dos terrorista o fez tirar forças sabe de lá onde em meio a sua tomada de consciência ao saber do ataque a fazer o retrato falado dos terroristas para os policiais e assim se tornar o orgulho de uma comunidade, a sua coragem para superar adversidades da vida, faz dele o “Boston Strong”.

A fantástica história de Jeff Bauman é um grande exemplo de superação e seguir em frente, não ser arrogante e reconhecer que com a ajuda dos mais próximos irá superar esse infortúnio e se tornar mais forte. Cotação: ★★★

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários